Atividades

Venha protestar connosco!

Domingo, dia 16 de Outubro, no Porto, inicia-se a reunião informal (no âmbito da presidência portuguesa) dos ministros de agricultura da União Europeia que durará três dias e discutirá, entre outros, o futuro da agricultura europeia.

A Plataforma Transgénicos Fora vai organizar uma conferência de imprensa e uma acção de sensibilização - todos os interessados estão convidados a colaborar e participar.

PROGRAMA:
13:00 - Concentração ao pé do Hotel Sheraton (Rua Tenente Valadim, uma transversal à Av. da Boavista e próximo do Hotel Méridien). Consoante a posição das barreiras da polícia poderemos estar um pouco mais longe... procure-nos no lado da Boavista.
14:00 - Início da conferência de imprensa
15:00 - Início da sensibilização de rua, com desfile musical. O percurso é o seguinte:
- Avenida da Boavista
- Rotunda da Boavista
- Rua Júlio Dinis
- Rua Dom Manuel II
- Rua Dr. Tiago de Almeida
- Rua do Carmo
- Jardim da Cordoaria
- Rua de São Filipe de Nery
- Rua dos Clérigos
- Praça da Liberdade

Contamos consigo!

Alerta de Acção!

CONSULTA DA COMISSÃO EUROPEIA SOBRE A CONTAMINAÇÃO DAS SEMENTES COM OGM!

Depois de um longo período de silêncio a Comissão Europeia relançou o processo de alteração das Directivas das Sementes por forma a que se legalize um patamar de contaminação com organismos geneticamente modificados (OGM) nas sementes convencionais, incluindo as biológicas.

Até 6 de Junho de 2007 está disponível na Internet um questionário, que a Comissão divulgou a apenas algumas entidades e só recentemente se tornou do conhecimento público. Este questionário é a primeira oportunidade que os europeus têm de dizer o que pensam sobre a contaminação com transgénicos das sementes convencionais e biológicas.

Caravana dos Espantalhos

Espantalhos afastam transgénicos de Alcochete e a Caravana prossegue para o Cadaval

Esta 5ª feira, 3 de Maio, teve início uma nova iniciativa da Plataforma Transgénicos Fora, a Caravana dos Espantalhos, que irá percorrer várias autarquias do país para afugentar os transgénicos dos campos e dos pratos. A primeira paragem foi no concelho de Alcochete, um município que se declarou Zona Livre de Transgénicos e onde a Syngenta e a Pioneer se propuseram recentemente a fazer ensaios experimentais de milho transgénicos - mas que foram rejeitados, em grande medida graças aos esforços da Plataforma Transgénicos Fora e da autarquia.

Univ. do Algarve - Seminário a 11 de Abril

A Plataforma Transgénicos Fora vai participar, através do Engº Gualter Baptista, no seminário sobre organismos geneticamente modificados promovido pela associação Almargem em colaboração com o Centro Ciência Viva de Tavira .

O evento vai ter lugar durante a tarde do dia 11 de Abril de 2007 no auditório da Faculdade de Engenharia de Recursos Naturais (Campus de Gambelas) em Faro, e está dividido em dois painéis:
- Investigação, Segurança e Bioética
- Algarve Livre de Transgénicos?

3ª Conferência Europeia sobre Zonas Livres

Vai ter lugar no Parlamento Europeu em Bruxelas, a 19 e 20 de Abril, o encontro anual de todos os governos locais, activistas e outros interessados em Zonas Livres de Transgénicos, Biodiversidade e Desenvolvimento Rural. Se puder participar, não deixe de se registar aqui.

URGENTE - Mande um email até 23/JAN/2007!

 
Temos poucos dias para fazer a diferença - Mande um email agora!

Durante a manhã da próxima quarta-feira, 24 de Janeiro, vai ser votado na Comissão de Agricultura do Parlamento Europeu o relatório sobre biotecnologia e transgénicos "Perspectivas e desafios para a agricultura na Europa" que essencialmente propõe que a União Europeia abrace sem restrições a engenharia genética e as suas aplicações alimentares. Se pretender ler o documento, ele está disponível aqui.

Mas se prefere...
... que a agricultura seja mais sustentável,
... que o ambiente seja mais protegido,
... que os consumidores continuem a ter escolha, então veja abaixo como fazer valer a sua opinião!

O QUE PODE (E DEVE!) FAZER:

1. Mande um email ou um fax aos dois eurodeputados portugueses da Comissão de Agricultura (Duarte Freitas e Capoulas Santos). Estes eurodeputados precisam de ser convencidos a chumbar o relatório (a eurodeputada Ilda Figueiredo também faz parte da Comissão mas já indicou que irá votar contra o documento). Mais abaixo pode encontrar um email modelo pode usar directamente ou alterar à vontade. Mas atenção: tudo tem de ser enviado até ao final do dia 23 de Janeiro!
Os seus contactos são:

Duarte Freitas (PSD)
duarte.freitas@europarl.europa.eu
Fax: 0032 228 49790

Capoulas Santos (PS)
lmcapoulassantos@europarl.eu.int
Fax: 0032 228 49991

2. Peça a três amigos para fazerem o mesmo e depois distribua esta mensagem por pessoas que possam estar interessadas.

3. Esteja atento - logo que a informação esteja disponível divulgaremos (no nosso site e não só) como é que votaram os eurodeputados em causa.

Para mais informações, contacte a Plataforma Transgénicos Fora do Prato:
email - info@stopogm.net
fax - 22 975 9592

***************************************************************

EXEMPLO DE TEXTO QUE PODE SER ENVIADO AOS EURODEPUTADOS:

Título: Votação no dia 24 do relatório Virrankoski sobre biotecnologia

Exmos Srs Eurodeputados Duarte Freitas e Capoulas Santos,

Conforme será certamente do vosso conhecimento, vai ser votado já nesta próxima quarta-feira, dia 24 de Janeiro de 2007, na Comissão de Agricultura de que são membros efectivos, o relatório Virrankoski sobre biotecnologia e o futuro da agricultura europeia (2006/2059 (INI)).

Este documento poderia ter sido escrito pela indústria da engenharia genética, de tanto que o relator se esforça por a defender. Mais do que analisar em detalhe a realidade e a experiência acumulada ao longo da última década de cultivo comercial de transgénicos, o autor faz um exercício de ficção científica e apresenta um futuro cor-de-rosa para a alimentação, agricultura e medicina europeias fundamentando-se em não mais que desejos e promessas de panaceia universal.

Conceitos fundamentais aos europeus, como sustentabilidade, participação nas decisões, análise de alternativas, ou precaução, são ignorados ou afastados como estorvos. O texto chega ao ponto de pôr em causa a protecção conferida pelo sistema legal actual, por ser demasiado 'complexo', e comete erros crassos por exemplo ao ignorar os estudos que mostram reduções drásticas da produtividade de transgénicos, a impossibilidade da coexistência ou os escândalos sucessivos de introdução de transgénicos não autorizados na cadeia alimentar. Questões como a privatização da base genética da produção alimentar ou a redução da biodiversidade agrícola e selvagem não são sequer afloradas.

Acima de todas as questões técnicas levanta-se a questão simples e clara da legitimidade democrática. Senhores Eurodeputados: quantos cidadãos vos pediram para aprovar este relatório e abrir as portas à engenharia genética da agricultura europeia? Os portugueses estão esmagadoramente a favor da soberania e segurança alimentar, preponderância de mercados locais e regionais (assim como os respectivos postos de trabalho), menos agrotóxicos, livre troca de sementes e conservação do património agrícola - exactamente o caminho oposto ao que os transgénicos arrastam.

Segundo dados publicados no Relatório do Estado do Ambiente de 2003, 74.6% dos portugueses com opinião não querem que os transgénicos sejam comercializados. Eu sou um desses portugueses, Senhores Deputados, e quero que a minha voz seja ouvida na Comissão de Agricultura do Parlamento Europeu. No dia 24 estarei atento para verificar que os vossos votos ajudaram a chumbar o relatório Virrankoski.

Respeitosamente,

[Nome e Número do Bilhete de Identidade]

***************************************************

Ao Encontro da Semente


A Plataforma Transgénicos Fora do Prato esteve presente no encontro promovido pela associação Colher para Semear, em Sesimbra, no fim de semana de 21 e 22 de Outubro de 2006. João Vieira, agricultor, e Margarida Silva, bióloga, desenvolveram a temática dos organismos geneticamente modificados e responderam a perguntas da audiência. Este encontro dedicou-se à descoberta e promoção do património agrícola e biodiversidade esquecida em Portugal. Se tem gosto pelas sementes não comerciais, estas são as pessoas que tem de conhecer! Para mais informações pode clicar e enviar um email a Graça Ribeiro.

Assine pelo direito à rotulagem!

 

O regulamento europeu de rotulagem (Regulamento (CE) nº1830/2003 de 22 de Setembro de 2003) obriga a que os produtos vegetais à venda em lojas e supermercados indiquem a presença de soja, milho ou qualquer outro transgénico nos seus ingredientes. Do mesmo modo, as rações animais também têm de apresentar tal indicação. O objectivo oficial é que o consumidor possa exercer o seu direito à escolha, e optar por produtos sem OGM. 

Categorias:: 

Páginas

Subscribe to Atividades

Gostaria de nos apoiar?

FALE CONNOSCO