Biocombustíveis

Biocombustíveis: Na prática a teoria é outra

Biocombustíveis: Na prática a teoria é outra

Já todos ouvimos falar de biodiesel, um combustível obtido a partir de plantas e matérias vegetais que se apresenta como uma alternativa ecológica face ao petróleo e gasolina. É verdade que temos de viver sem petróleo, porque os combustíveis fósseis estão a alterar o clima. Mas investigações recentes põem também em causa os biocombustíveis. Estima-se que os biocombustíveis tenham causado um terço do aumento do preço dos alimentos que se verificou em 2008. Esta subida drástica empurrou mais de cem…

Continuar a ler Continuar a ler

Inocência perdida

Inocência perdida

2010/10/31 – Longe vai o tempo em que as universidades eram financiadas apenas com dinheiros públicos e cumpriam o propósito de trabalhar para o bem comum, com independência e generosidade. As últimas décadas trouxeram-lhes uma infusão generalizada de financiamentos privados e, com eles, as respectivas influências e interesses especiais. É difícil acreditar que as instituições de ensino superior que dependem das grandes bolsas das multinacionais possam estar à vontade para se posicionar de forma crítica em relação à “mão que…

Continuar a ler Continuar a ler

Biocombustíveis = Roubo de terras + Fome

Biocombustíveis = Roubo de terras + Fome

2010/06/29 – Hoje, na véspera da apresentação pelos Estados Membros dos seus planos para as energias renováveis, um conjunto de organizações não governamentais protestou em Bruxelas contra a utilização pela União Europeia de biocombustíveis que conduzem ao aumento da pobreza no mundo. A política europeia de utilização de biocombustíveis (supostamente para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa) está a trazer como consequência uma corrida desenfreada ao açambarcamento de terras em países menos desenvolvidos com vista à produção…

Continuar a ler Continuar a ler

Nova investigação confirma insustentabilidade dos biocombustíveis

Nova investigação confirma insustentabilidade dos biocombustíveis

2010/03/25 – Um novo estudo encomendado pela Comissão Europeia confirma que os objectivos europeus de consumo de biocombustíveis podem acarretar impactos ambientais negativos, como desflorestação, e exacerbar as alterações climáticas – precisamente o problema ambiental que eles eram supostos vir ajudar a resolver. Neste trabalho conclui-se que os biocombustíveis empregues em transportes não devem ultrapassar 5.6% do total consumido. Qualquer valor acima disso representará um aumento rápido de emissões de gases com efeito de estufa e negará a vantagem ambiental…

Continuar a ler Continuar a ler