China: A busca do facto consumado

China: A busca do facto consumado

2010/06/25 – O governo chinês ainda não permitiu a circulação e cultivo de arroz transgénico, mas isso não parece estar a impedir o seu comércio. Há já vários anos que a União Europeia tem vindo a detectar arroz transgénico não autorizado em importações chinesas, e agora as notícias começam a chegar com o retrato de uma situação fora de controlo. Embora o governo chinês dê alguns sinais de estar a tentar circunscrever o desastre, as toneladas de arroz transgénico que aparentemente estão em circulação mostram com clareza qual a estratégia subjacente: quem produz estas sementes oferece-as em grandes quantidades aos agricultores até criar um facto consumado e assim forçar a sua legalização. Garantias de segurança, rotulagem, segregação, direito à escolha, protecção contra a irreversibilidade… qual quê? O que parece comandar é a maximização do lucro de alguns, independentemente do impacto em todos os outros.

Notícia original: Genetically Modified Rice Seeds Discovered in Hunan Province

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.