Passos em direcção a uma melhor política agrícola comum

Passos em direcção a uma melhor política agrícola comum

2010/11/18 – Foi hoje apresentado em Bruxelas pelo Comissário de Agricultura Dacian Ciolos um roteiro para o futuro da CAP (Política Agrícola Comum) até 2020. Segundo esta comunicação da Comissão são três os principais objectivos:
– produção alimentar viável,
– gestão sustentável dos recursos e do clima,
– manutenção do equilíbrio territorial e da diversidade das áreas rurais.

Fica assim oficializado o compromisso de vincular a política de subsídios à valorização das práticas social e ambientalmente responsáveis – o que é uma mudança significativa face às pálidas medidas agro-ambientais que actualmente vigoram numa margem muito lateral do mundo das finanças agrícolas.

Para realmente servir os interesses dos europeus, a nova CAP tem de efectivamente implementar:
– uma redução drástica da dependência de importação das proteaginosas usadas em rações através de medidas de apoio à produção europeia de soja e outros legumes,
– o desmame dos subsídios à pecuária industrial e toda a produção intensiva de carne,
– a aplicação de custos reais em toda a cadeia de produção alimentar (incluindo alimentos importados) por forma a que o custo final ao consumidor inclua o verdadeiro preço de produção (incluindo os impactos ambientais e sociais),
– uma significativa valorização de todas as formas de agricultura tradicional, familiar, de pequena e média escala, de subsistência e geradoras de emprego de acordo com os resultados do IAASTD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.